Facebook
Busca
Notícias
Incêndio atinge prédio comercial na Zona Oeste de SP

Veja mais...

Primeiros Resultados da Nova Lei do PMOC

Veja mais...

Guia para Inspeção
Área Restrita
E-mail:   Senha:  

Entrega do Centro Cultural será no dia 20


Data: 17-10-2011

O projeto priorizou a acessibilidade aos portadores de necessidades especiais (PNE), com a reforma e manutenção do elevador de acesso ao teatro

Fonte: DA REDAÇÃO (Correio do Estado)

O presidente da Fundação de Cultura, Américo Calheiros realizará a reabertura oficial do Centro Cultural José Octávio Guizzo (CCJOG), na próxima quinta-feira (20), às 19h30min, no Teatro Aracy Balabanian. No último dia 07, o Portal Correio do Estado trouxe matéria sobe a data da reinauguração, agora confirmada pelo Governo do Estado.

As obras da revitalização tiveram início em junho de 2010 e conclusão neste mês de outubro. A reforma melhorou a segurança e qualidade técnica tanto no teatro, quanto nos demais espaços utilizados pelos artistas e pelo público em geral. As ações foram realizadas no piso térreo que é composto pela Galeria Wega Nery, sala Rubens Corrêa, sala Ignês Corrêa da Costa, secretaria, sala Central e sala de Ensaio, no subsolo com o Ateliê de Artes, sala de Música e depósitos, no piso superior composto pelo Teatro Aracy Balabanian, foyer e sala Conceição Ferreira.

O projeto priorizou a acessibilidade aos portadores de necessidades especiais (PNE), com a reforma e manutenção do elevador de acesso ao teatro, adaptação dos banheiros e instalação da passarela que liga o Centro Cultural com a Fundação de Cultura.

O Teatro Aracy Balabanian foi beneficiado com a instalação de um novo aparelho central de ar-condicionado, além da climatização de ambientes como a bilheteria, o camarim e o foyer. As poltronas do Teatro Aracy Balabanian receberam manutenção, assim como o carpete que reveste as paredes e o chão. O teatro já conta com novo cortinado, refletores e acessórios para o funcionamento de refletores antigos, além de novas mesas de som e de iluminação.

A sala Rubens Corrêa também recebeu climatização e teve suas cadeiras reformadas, estando apta para receber novamente o Cinema d(e) Horror, o Cine Brasil eo Conselho Regional de Psicologia 14ª Região MS/MT (CRP-14) com o Cineclube, além de novosprojetos audiovisuais, palestras e workshops.

Outro aspecto importante são as novas instalações preventivas de incêndio, além da nova pintura externa e interna do prédio, melhorias na iluminação e instalação de refletores no pátio interno, reparos e troca de materiais nas instalações elétricas e hidráulicas e climatização da área administrativa.

A verba destinada à reforma do Centro Cultural José Octávio Guizzo permitiu a conservação e modernização desse espaço referencial das artes sul-mato-grossenses, o primeiro exclusivamente destinado à cultura no Estado. Foram investidos R$ 417.807,00 provenientes do Fundo Nacional de Cultura (FNC-MinC) através da emenda parlamentar proposta pela ex-senadora e atual conselheira do Tribunal de Contas de MS, Marisa Serrano; deste montante 20% (vinte por cento) foi contrapartida do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul.

Neste ano o CCJOG foi escolhido peloEdital da Fundação Nacional de Artes (MinC/FUNARTE) de Doação de Equipamentos de Iluminação Cênica 2011 que contemplou o Teatro Aracy Balabanian, e com a chegada desses novos produtos, proporcionará aprimoramento técnico aos artistas melhorando a qualidade dos eventos.

Duas décadas de cultura

Bem no centro de Campo Grande, na rua 26 de Agosto, 453 (a mais antiga da capital sul-mato-grossense) um prédio de linhas modernistas construído nos anos de 1960, o Centro Cultural já abrigou o Fórum da Comarca de Campo Grande, a Biblioteca Pública Estadual Doutor Isaías Paim, a Pinacoteca Estadual que deu origem ao Museu de Arte Contemporânea (Marco) e a Filmoteca que funciona no Museu de Imagem e do Som (MIS).

Fundado em 11 de outubro de 1984, o Centro Cultural de Mato Grosso do Sul, passou a se chamar Centro Cultural José Octávio Guizzo em dezembro de 1989, homenageando o advogado, historiador, estudioso do folclore, cineasta, estimulador de talentos, produtor cultural, músico, poeta e ex-presidente da Fundação de Cultura, falecido no dia 20 de novembro do mesmo ano.

O espaço já abrigou espetáculos com os mais renomados artistas regionais e nacionais, cursos e oficinas englobando a diversidade cultural com exposições ímpares e mostras de filmes, além de uma gama de ações culturais que tomaram todos os espaços da unidade.Com a participação de grandes ícones da cultura sul-mato-grossense, a história do Centro Cultural reverencia a rica e diversa identidade de Mato Grosso do Sul.

O Programa Educativo do CCJOG desenvolve ações que promovem a qualidade da experiência do público no contato com as artes, garantindo uma maior participação da sociedade através de cursos e oficinas dos mais diferentes segmentos culturais, além de incentivar as Visitas Mediadas.

O espaço oferece também projetos audiovisuais, exposições na galeria Wega Nery, na sala Ignês Corrêa da Costa e no foyer do teatro, Sarau Cultural, Cena Som, Quarta Erudita, Contação de Histórias Infantis e a peças teatrais.




Para maiores informações Clique aqui

Os conteúdos das matérias não refletem necessariamente a opinião do Qualindoor.




Voltar
ABRAVA - Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento
Qualindoor - Departamento Nacional da Qualidade do Ar Interno

    Av. Rio Branco, 1492, São Paulo, SP, CEP 01206-001, Fone (11) 3361 7266