Facebook
Busca
Notícias
Incêndio atinge prédio comercial na Zona Oeste de SP

Veja mais...

Primeiros Resultados da Nova Lei do PMOC

Veja mais...

Guia para Inspeção
Área Restrita
E-mail:   Senha:  

CETESB amplia sua rede de monitoramento automático da qualidade do ar na RMSP


Data: 13-04-2012



Rede estadual passa a contar com 23 estações na Grande São Paulo e 24 no interior e litoral


A CETESB está ampliando, a partir de hoje, 13/04, sua rede de monitoramento automático da qualidade do ar. Essa ampliação foi viabilizada através dos convênios estabelecidos entre a agência ambiental paulista e a DERSA – Desenvolvimento Rodoviário S/A, no âmbito do licenciamento ambiental do Rodoanel, e entre a Companhia e a EMAE – Empresa Metropolitana de Águas e Energia S.A., por conta do licenciamento da modernização da Usina Termoelétrica Piratininga. São três estações automáticas de monitoramento na Região Metropolitana de São Paulo, sendo duas - uma localizada em Carapicuíba (região oeste) e outra em Guarulhos (região leste) – pelo acordo com a DERSA, e a terceira - em Interlagos (zona sul da capital) - , como parte do convênio com a EMAE.



A estação Carapicuíba, instalada no Reservatório da SABESP na Avenida Inocêncio Seráfico, esquina com a Rua São Miguel, vai monitorar as concentrações atmosféricas de monóxido de carbono, óxidos de nitrogênio, partículas inaláveis e ozônio, além de parâmetros meteorológicos, como direção e velocidade dos ventos, umidade relativa do ar e temperatura, possibilitando a verificação da qualidade do ar em local relativamente próximo ao Trecho Oeste do Rodoanel.



A estação Guarulhos-Paço Municipal, como o próprio nome indica, localizada na região central, junto à sede da Prefeitura de Guarulhos, irá monitorar as partículas inaláveis, o ozônio e os óxidos de nitrogênio, além de parâmetros meteorológicos, tendo em vista possíveis alterações na qualidade do ar que possam ocorrer com a implantação do futuro Trecho Norte do Rodoanel.



E a estação Interlagos, instalada nas dependências do Hospital Geral de Pedreira, com acesso pela Rua Domingas Galleteri Blotta, 171, vai monitorar as concentrações de ozônio, partículas inaláveis, óxidos de nitrogênio e dióxido de enxofre, além dos parâmetros meteorológicos direção e velocidade dos ventos, umidade relativa do ar e temperatura, verificando a qualidade do ar em local relativamente próximo à Usina Termoelétrica Piratininga.



Cabe ressaltar que a implantação dessas estações também foi possibilitada por meio de Acordo de Cooperação Técnica firmado com os parceiros que cederam o espaço necessário para que a CETESB instalasse as estações. A Estação Interlagos, em parceria com o Hospital Geral de Pedreira, a Estação Carapicuíba, com o apoio da SABESP e a Estação Guarulhos-Paço Municipal, através de Acordo de Cooperação Técnica com a Prefeitura Municipal de Guarulhos.



Com estas três novas estações, a Rede Automática de Avaliação da Qualidade do Ar da CETESB passa a contar com 23 estações na Região Metropolitana de São Paulo e 24, no interior e litoral do Estado. Os dados de qualidade do ar gerados são disponibilizados para a população em tempo real, no endereço eletrônico da CETESB (www.cetesb.sp.gov.br). Esses dados possibilitam, também, o acompanhamento das tendências e mudanças na qualidade do ar, devidas a alterações nas emissões dos poluentes e, assim, contribuir para a avaliação e auxiliar no planejamento de ações de controle da poluição atmosférica.



Texto:

Mário Senaga

Fotografia:

Pedro Calado


Para maiores informações Clique aqui

Os conteúdos das matérias não refletem necessariamente a opinião do Qualindoor.




Voltar
ABRAVA - Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento
Qualindoor - Departamento Nacional da Qualidade do Ar Interno

    Av. Rio Branco, 1492, São Paulo, SP, CEP 01206-001, Fone (11) 3361 7266