Facebook
Busca
Notícias
Incêndio atinge prédio comercial na Zona Oeste de SP

Veja mais...

Primeiros Resultados da Nova Lei do PMOC

Veja mais...

Guia para Inspeção
Área Restrita
E-mail:   Senha:  

Johnson Controls ajuda Estádio Miller Park (EUA) a obter certificação LEED


Data: 28-04-2012

Primeiro estádio com telhado retrátil reconhecido pelo GBC Estados Unidos por seu compromisso com a eficiência energética e sustentabilidade.

O Miller Park, estádio oficial do time de baseball Milwaukee Brewers desde 2001, foi reconhecido como o primeiro estádio com teto retrátil e o terceiro da Major Baseball League (MLB) a ser certificado pelo LEED (Leadership in Energy and Environmental Design, algo como Liderança em Energia e Design Ambiental) na categoria de Operações e Manutenção de Edifícios Existentes. A Johnson Controls, líder global no fornecimento de soluções de eficiência energética e sustentabilidade para edifícios e instalações ao redor do mundo, foi contratada para gerenciar as instalações do estádio e coordenou todo o processo de obtenção da certificação LEED.

As soluções da Johnson Controls atenderam requisitos específicos de energia e de ventilação para instalações com teto retrátil, como no caso do Miller Park. Apenas dois outros estádios da Major League Baseball conseguiram o reconhecimento LEED para Edifícios Existentes - o AT&T Park, em São Francisco, e o Target Field, em Minneapolis - ambos construídos no formato “open-air”.

"A Johnson Controls atua em projetos de sustentabilidade em todo o mundo e apesar de todo o desafio, temos orgulho de ter concluído esse processo de certificação com sucesso para o time da cidade natal de nossa companhia”, disse Iain Campbell, vice-presidente e gerente geral da área de Soluções em Energia da Johnson Controls Building Efficiency. "A organização do Brewers merece reconhecimento pelo seu compromisso de transformar o Miller Park em um dos estádios profissionais mais sustentáveis do mundo".

O sistema de classificação LEED, desenvolvido pelo Green Building Council dos Estados Unidos (USGBC), é um processo voluntário de certificação que conta com uma avaliação independente e criteriosa para confirmar que um edifício/instalação está operando com os mais altos níveis de eficiência e sustentabilidade. A meta para projetos que optam pela obtenção da certificação LEED é otimizar e modernizar instalações, implementando melhorias e práticas que economizem energia e reduzam custos operacionais, minimizando os impactos ao meio ambiente.

Algumas melhorias e iniciativas que contribuíram para a certificação do estádio: • Nova placar de alta definição que usa 49% menos energia.

.Atualizações e melhorias nos sistemas de aquecimento, ventilação e ar condicionado (HVAC), equipamentos, controles e sistemas de energia elétrica e iluminação deverão reduzir 1.153 toneladas de emissão de CO2 anualmente - o equivalente à retirada de 220 carros das ruas a cada ano.

. Substituição dos antigos equipamentos de água, o que deverá resultar em uma economia de quase 20 milhões de litros de água por ano.

.Adição de mais de 140 novos contêineres de reciclagem, para receber cerca de 10 toneladas de lixo reciclável a cada jogo

Mais de 50 por cento dos produtos de limpeza utilizados no estádio atendem critérios de sustentabilidade, classificados como “produtos de limpeza verdes”.

. A área para fumantes foi demarcada a 8 metros de distância de portas, janelas e sistemas de ventilação para preservar a qualidade do ar interior.

.Doação de mais de 3.000 kg de alimentos para instituições e abrigos na última metade da temporada de 2011, oferecendo cerca de 5.300 refeições.

"A certificação LEED é uma conquista significativa para qualquer edifício, mas obter esta certificação para um estádio tão complexo como Miller Park é impressionante", disse Kim Hosken, diretora de Serviços para Green Building da Johnson Controls Building Efficiency, que trabalhou intensamente no projeto. "Tivemos de considerar certas peculiaridades como a natureza da instalação, o volume de pessoas, materiais e fornecedores, o telhado retrátil e complexidades gerais decorrentes das operações do estádio".

A Johnson Controls coordenou todo o processo de para a certificação LEED do Miller Park e também ajudou o Milwaukee Brewers a identificar maneiras de tornar o estádio mais sustentável e elaborar políticas para ajudar os provedores de serviços e fornecedores a atingir as metas de sustentabilidade. A empresa ainda forneceu treinamentos com foco em sustentabilidade e realizou uma auditoria de resíduos e triagem de lixo do Miller Park por meio da empresa de gestão de resíduos Orchard Ridge Landfill, localizada em Menomonee Falls.

Toda a expertise internacional da companhia está também disponível para os clientes do Brasil. Segundo Emilio Miranda, gerente executivo de contas para o segmento de arenas, museus e infraestrutura, a Johnson Controls Building Efficiency é capaz de oferecer soluções completas ao mercado brasileiro, que agora se encontra em constante expansão com a proximidade das Olimpíadas e Copa do Mundo. “Nossos projetos atendem aos requisitos LEED, recomendações FIFA, além de outras normas, que proporcionam ambientes seguros e confortáveis", afirmou Miranda.

A Johnson Controls tem ajudado seus clientes a obter a certificação LEED em todo mundo - até hoje mais de 1,4 milhões de metros quadrados de instalações foram certificados. A Johnson Controls também adota o discurso do "faz o que fala": sua sede global em Glendale (Wiscosin, EUA) possui a maior concentração de certificações LEED Platinum (quatro) em um único edifício em todo o mundo.

A Johnson Controls alcançou a posição de liderança em eficiência energética para edifícios verdes. Entre 1997 a 2000, a empresa participou da fundação do Green Building Council dos EUA e ajudou a estabelecer os critérios para o sistema atual de pontuação do LEED. O Centro Tecnológico Brengel, da Johnson Controls, localizado em Milwaukee foi um dos primeiros projetos pilotos que aderiram ao sistema de avaliação do Green Building Council, recebendo em 2001 a certificação LEED Prata. A Johnson Controls conta com mais de 1.350 profissionais credenciados em LEED ao redor do mundo.

A Johnson Controls é uma empresa global líder em tecnologia que atende a clientes em mais de 150 países. Através de nossos 162.000 colaboradores oferecemos produtos, serviços e soluções de qualidade para otimizar a eficiência e a operação de edifícios, baterias para veículos convencionais, híbridos e elétricos e também sistemas de interiores e componentes para automóveis. Nosso compromisso com a sustentabilidade vem desde 1885, através da invenção do primeiro termostato elétrico para ambientes. Ao aumentar nossa participação no mercado por meio de nossas estratégias de crescimento, temos o compromisso de oferecer valor aos nossos acionistas e garantir que nossos clientes obtenham sucesso. Em 2011, a revista Corporate Responsability Magazine concedeu a Johnson Controls o 1º lugar no ranking anual “100 Melhores Empresas Cidadãs”. [www.johnsoncontrols.com].


Para maiores informações Clique aqui

Os conteúdos das matérias não refletem necessariamente a opinião do Qualindoor.




Voltar
ABRAVA - Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento
Qualindoor - Departamento Nacional da Qualidade do Ar Interno

    Av. Rio Branco, 1492, São Paulo, SP, CEP 01206-001, Fone (11) 3361 7266