Facebook
Busca
Notícias
Incêndio atinge prédio comercial na Zona Oeste de SP

Veja mais...

Primeiros Resultados da Nova Lei do PMOC

Veja mais...

Guia para Inspeção
Área Restrita
E-mail:   Senha:  

Limpeza periódica de veículos ajuda a evitar crises alérgicas respiratórias


Data: 04-12-2012



Do G1 São Carlos e Araraquara

Falta de higienização na parte interna do carro pode agravar crises.
Combinação calor e chuva contribui para a proliferação de bactérias.

A falta de limpeza nos carpetes, estofados e no ar condicionado dos carros podem agravar as crises alérgicas. No calor a probabilidade de fungos e acnes se proliferarem é grande, principalmente nos veículos que ficam estacionados muito tempo no sol.

Um aparelho contador de partículas, do departamento de química da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Araraquara, demonstra que há poeira mesmo em um carro aparentemente limpo em seu interior, com o modelo utilizado na reportagem. “Ainda que seja um carro novo e com tecido de couro, ele apresenta uma quantidade de partículas superior a uma área aberta, mais ventilada e com uma maior circulação de ar”, explicou a pesquisadora Letícia da Silva após analisar os dados do equipamento.

Segundo ela, são consideradas partículas perigosas as menores que 1 (de acordo com a classificação do aparelho) porque elas invadem o sistema respiratório. Já as maiores acima desse número ficam no nariz e nas mucosas. Quando a medição é feita em um veículo com bancos, tapetes e revestimentos em tecido, a situação piora muito e aumenta o risco para os alérgicos. “Significa um número três vezes superior de poeira do que no tapete de uma casa”, ressalta a pesquisadora.

Outros fatores
Além da poeira, outras situações devem ser evitadas: transportar animais, deixar o saquinho de lixo cheio por muito tempo ou utilizar aromatizantes no carro. Tudo isso pode aumentar a crise alérgica. Um outro fator é o tempo: a combinação calor e chuva contribui para a proliferação de ácaros, bactérias e fungos.

A médica alergologista Patrícia Pollis Jorge disse que os casos de rinite, asma, conjuntivite alérgica e até problemas de pele, podem acontecer com mais frequência nesta época do ano. “Com esse clima, é bom lembrar sempre de lavar o nariz com soro fisiológico de preferência várias vezes ao dia e beber muita água”, recomendou.

A estudante Mariana Rodrigues sofre com as alergias desde criança. Ela já tomou vacina para tentar controlar os efeitos, como coceiras nos olhos, nariz e garganta. O que tem ajudado por enquanto é se manter bem longe de tudo que tenha poeira. “Tudo tem que estar limpo, porque se eu entrar no carro e levantar poeira, eu vou passar mal”, contou.

Limpeza
A melhor forma de evitar o agravamento de problemas respiratórios e manter o veículo sempre limpo. Antes de iniciar o processo em casa, que deve ser feito uma vez por semana, é sempre bom usar uma máscara descartável para não aspirar a poeira, recomendou Ricardo Hideki Ichikawa, dono de centro automotivo especializado na lavagem de autos.

O especialista também disse para usar uma escovinha para retirar o excesso de sujeira dos bancos, aspirar e só então partir para a parte de carpetes. A limpeza dos bancos pode ser feita com um pano e um pouco de água. O mesmo processo pode ser feito no painel. Nas saídas de e outros locais de difícil acesso ar é bom utilizar um pincel.


Para maiores informações Clique aqui

Os conteúdos das matérias não refletem necessariamente a opinião do Qualindoor.




Voltar
ABRAVA - Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento
Qualindoor - Departamento Nacional da Qualidade do Ar Interno

    Av. Rio Branco, 1492, São Paulo, SP, CEP 01206-001, Fone (11) 3361 7266