Facebook
Busca
Notícias
SP tem calor no fim de semana e virada do tempo no feriado

Veja mais...

Sobe para 21 o número de mortes provocadas por onda de calor no Canadá

Veja mais...

Guia para Inspeção
Área Restrita
E-mail:   Senha:  

Calor faz disparar a venda de ventilador e ar-condicionado


Data: 12-12-2012



Circulador de ar em exposição na parte frontal de um loja situada na Rua 3, região central da cidade


Ednéia Silva


O calor excessivo desta época está provocando uma corrida dos consumidores às lojas em busca de produtos de refrigeração para uso doméstico: ventiladores, circuladores de ar, ares-condicionados e umidificadores de ar. As vendas desses produtos dispararam, fazendo a alegria dos comerciantes.


A gerente Sulamita Bicudo comemora o aumento de 30% nas vendas de aparelhos de refrigeração em relação ao mesmo período do ano passado graças ao calor. Segundo ela, os estoques da loja acabaram e agora venda somente por encomenda até chegar nova remessa.


Ela conta que o top de vendas é o ar-condicionado portátil, que pode ser transferido de ambiente. Segundo Sulamita, as vendas do produto superaram as expectativas, visto que o preço é um pouco elevado: entre R$ 1.600,00 e R$ 1.700,00. Mesmo assim, o consumidor tem investido no produto, que tem alto poder de refrigeração: 13 mil BTUs. “As pessoas estão pagando o preço pelo calor”, comenta.


Ventiladores, circuladores de ar, umidificadores e ares-condicionados também estão em falta na loja, que tinha em estoque apenas os produtos em exibição. Com preços mais acessíveis, os ventiladores e circuladores de ar também são campeões de venda. Os preços dos equipamentos variam de R$ 59,90 a R$ 199,90 e de R$ 89,90 a R$ 149,90, respectivamente. Devido à grande procura, a indústria está tendo que se desdobrar para atender à demanda do varejo, já que as temperaturas têm se mantido elevadas desde o inverno.


O dia mais quente do ano registrado pelo Ceapla (Centro de Análise e Planejamento Ambiental) da Unesp (Universidade Estadual Paulista) foi no dia 30 de outubro, quando a temperatura atingiu 37ºC. De acordo com Carlo Burigo, técnico da estação meteorológica do Ceapla, no último sábado (8) os termômetros marcaram 34,9ºC com sensação térmica de 40ºC. Nessa terça-feira (11), às 15h15, a temperatura era de 32,3ºC e a umidade relativa do ar estava em 58%.


A falta de chuva tem tornado este ano mais quente que o anterior. Conforme Burigo, a temperatura média registrada nesse período em 2011 foi de 29ºC contra 33ºC neste ano, diferença de 4ºC.


Porém, há previsão de mudança. O Ceapla prevê temperaturas mais amenas para os próximos dias. Segundo Burigo, uma frente fria vinda do Sul está atuando sobre a região, aumentando a probabilidade de chuva em Rio Claro, o que deve amenizar a temperatura.




Esta é uma reprodução da notícia publicada na edição impressa do Jornal Cidade


Para maiores informações Clique aqui

Os conteúdos das matérias não refletem necessariamente a opinião do Qualindoor.




Voltar
ABRAVA - Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento
Qualindoor - Departamento Nacional da Qualidade do Ar Interno

    Av. Rio Branco, 1492, São Paulo, SP, CEP 01206-001, Fone (11) 3361 7266