Facebook
Busca
Notícias
SP tem calor no fim de semana e virada do tempo no feriado

Veja mais...

Sobe para 21 o número de mortes provocadas por onda de calor no Canadá

Veja mais...

Guia para Inspeção
Área Restrita
E-mail:   Senha:  

Veículos de turismo merecem vigilância sanitária


Data: 06-02-2013

Na última quarta-feira (06/02) foi aberta consulta pública para atualização das normas sobre condições de saúde nos ônibus de viagem

Após as férias escolares terem chegado ao fim, a preparação agora é para o carnaval. Nesta época do ano, muitas pessoas preferem viajar. Os meios de transportes mais utilizados são os terrestres, onde é preciso ter atenção e cuidado com os serviços de bordo. Na última quarta-feira (06/02) foi aberta uma consulta pública para atualização das normas sobre condições de saúde nos ônibus de viagem que transitam pelas fronteiras do país.

Os veículos devem garantir a qualidade dos alimentos servidos a bordo, inclusive a água, e ter registro das últimas ações de limpeza, desinfecção do reservatório de água potável, manutenção do ar-condicionado e controle de animais transmissores de doenças. De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), só podem entrar em território nacional, veículos terrestres (caminhões, ônibus, trens, carros de passeio, utilitários de pequeno porte), que apresentem condições higiênico-sanitárias satisfatórias.

Isso inclui água para consumo humano, áreas de manipulação e de preparos de alimentos, sistema de coleta e destino final de resíduos sólidos (lixo), medicamentos básicos para tratamento inicial de casos de diarréia, além da existência de material de limpeza, desinfecção e controle de vetores.

“Apesar da norma da Anvisa só abranger ônibus que transitam pelas fronteiras do país, a partir dessa normatização, o estado também pode avaliar a conveniência da edição de norma sanitária que vise garantir a segurança dos passageiros que usam esse meio de transporte regularmente, já que os problemas são os mesmos e com os mesmos riscos” destaca o gerente-geral da Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa), Jaime Brito.

A atenção será cobrada também, aos objetos reutilizáveis que são oferecidos nos ônibus de turismo, como travesseiros, fronhas e cobertores que devem estar devidamente higienizados e embalados para uso individual. As empresas deverão ter um plano de atendimento, caso haja alguma emergência de saúde pública, bem como estrutura para atendimento e remoção do paciente.

Fonte: Secretaria Estadual de Saúde


Para maiores informações Clique aqui

Os conteúdos das matérias não refletem necessariamente a opinião do Qualindoor.




Voltar
ABRAVA - Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento
Qualindoor - Departamento Nacional da Qualidade do Ar Interno

    Av. Rio Branco, 1492, São Paulo, SP, CEP 01206-001, Fone (11) 3361 7266