Facebook
Busca
Notícias
SP tem calor no fim de semana e virada do tempo no feriado

Veja mais...

Sobe para 21 o número de mortes provocadas por onda de calor no Canadá

Veja mais...

Guia para Inspeção
Área Restrita
E-mail:   Senha:  

Ar condicionado quebrado de UTI pediátrica em Natal afeta pacientes


Data: 23-02-2013



Pai abana filho para aliviar calor na UTI pediátrica
(Foto: Tázia Frederico/Divulgação)



Funcionários do Walfredo Gurgel diz que pais precisam abanar as crianças.
Segundo médico da UTI, problema se estende desde a semana passada.



Os pacientes internados na UTI pediátrica do hospital Walfredo Gurgel - a maior unidade pública de urgência e emergência do RN - estão enfrentando o calor excessivo no local. O problema é provocado pelo não funcionamento do ar condicionado. Segundo o médico Gustavo Paiva, que trabalha na unidade de terapia intensiva, o ar condicionado está quebrado desde a semana passada. O hospital Walfredo Gurgel fica em Natal.

Se está muito desconfortável para a gente, que não está doente, imagine para as crianças internadas. O calor excessivo eleva a temperatura das crianças e as deixa muito agitadas, o que prejudica a recuperação, indicou Gustavo Paiva.



A direção administrativa do hospital Walfredo Gurgel informou, por meio da assessoria de comunicação, que o ar condicionado central que resfria o primeiro andar - onde funcionam a UTI pediátrica, o Centro Cirúrgico e o pós-operatório - foi consertado na quinta (14). Contudo, a instalação apresentou novos problemas na manhã desta sexta (15). Ainda de acordo com a direção, os técnicos estão trabalhando na execução dos reparos.

"Ontem [quinta-feira], em menos de uma hora, eles conseguiram consertar. Se o problema for similar, ainda hoje [sexta] deve ficar pronto" indicou Marcelo Soares, assessor de comunicação do hospital.

A técnica em enfermagem da UTI pediátrica, Tázia Frederico, em entrevista ao G1, disse que os acompanhantes dos pacientes estão revoltados com a situação, e recorreram a pedaços de papelão para amenizar o calor das crianças.

"A gente não tinha o que fazer. A solução foi dar papelão para os acompanhantes, que estão abanando as crianças. Uma situação altamente imprópria. Estamos no horário de visitas e todos estão bem revoltados", lamentou Tázia.

Ainda segundo a técnica em enfermagem, a UTI tem seis leitos, todos ocupados. Destes, quatro pacientes com menos de um ano. "É uma situação que dificulta o tratamento destes pacientes. Um deles está com frebre de 40 graus, e esta estufa piora o quadro", enfatizou Tázia. "Aqui é tudo fechado, sem ventilação como uma UTI deve ser. Mas sem ar condicionado fica impraticável", completou.


Para maiores informações Clique aqui

Os conteúdos das matérias não refletem necessariamente a opinião do Qualindoor.




Voltar
ABRAVA - Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento
Qualindoor - Departamento Nacional da Qualidade do Ar Interno

    Av. Rio Branco, 1492, São Paulo, SP, CEP 01206-001, Fone (11) 3361 7266