Facebook
Busca
Notícias
SP tem calor no fim de semana e virada do tempo no feriado

Veja mais...

Sobe para 21 o número de mortes provocadas por onda de calor no Canadá

Veja mais...

Guia para Inspeção
Área Restrita
E-mail:   Senha:  

Banco é fechado por falta de ar-condicionado


Data: 27-02-2013

ITAÚ. Sindicato distribui leques a clientes como forma de protesto



Por: RIVADÁVIA DIAS * - ESTAGIÁRIA


A agência do Banco Itaú, da Rua do Sol, no Centro de Maceió, paralisou suas atividades ontem, por falta de ar-condicionado.

De acordo com Juan Gonzales, do Sindicato dos Bancários de Alagoas, o problema com o sistema de refrigeração da agência já vinha acontecendo há quase 30 dias. “Recebemos denúncias dos funcionários e constatamos os transtornos que a falta de refrigeração estava provocando. Entramos em contato com a agência, marcamos reuniões, mas segundo a gerência, o impasse na solução do problema era a burocracia para comprar e receber o compressor, a peça que estava com defeito”, diz.

Ainda segundo Juan Gonzales, o sindicato chegou a entrar em contato com a matriz da agência, que fica em São Paulo, mas nada foi resolvido. No início desse semana, o sindicato resolveu denunciar o caso para a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE), que na última quinta-feira (21), fiscalizou e autuou o banco.

* Sob supervisão da editoria de Cidades.

“Não ficamos conformados simplesmente com a autuação e decidimos atuar como sindicato, paralisando as atividades daquela agência”, informou.

Na paralisação, sindicalistas levaram leques para serem entregues a funcionários e clientes da agência como forma de protesto. Apesar de reclamarem por não receberem atendimento, alguns clientes apoiaram a iniciativa.

Juan Gonzales informou ontem à tarde que técnicos em manutenção de ar-condicionado já estavam no local fazendo a instalação do novo compressor e que na próxima segunda-feira (25), as atividades na agência voltam ao normal. O sindicalista comparou essa situação a tantas outras que ocorrem no país, que após pressão recebida – paralisação –, as soluções são encontradas.

“Não tem cabimento uma agência bancária como o Itaú, com toda aquela estrutura, se passar por faltar de um compressor”, lamentou Juan Gonzales. “Se eles não tivessem resolvido a situação, a agência ficaria fechada por tempo indeterminado”, completou.


Para maiores informações Clique aqui

Os conteúdos das matérias não refletem necessariamente a opinião do Qualindoor.




Voltar
ABRAVA - Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento
Qualindoor - Departamento Nacional da Qualidade do Ar Interno

    Av. Rio Branco, 1492, São Paulo, SP, CEP 01206-001, Fone (11) 3361 7266