Facebook
Busca
Notícias
Incêndio atinge prédio comercial na Zona Oeste de SP

Veja mais...

Primeiros Resultados da Nova Lei do PMOC

Veja mais...

Guia para Inspeção
Área Restrita
E-mail:   Senha:  

Crescem as vendas de ar-condicionado


Data: 29-04-2013

Comercialização do aparelho aumentou 60% no Brasil. No Recife, equipamento está em falta em algumas lojas
Publicado em 27/04/2013, às 11h15
Angela Fernanda Belfort
Enquanto a estiagem dizima a economia que depende das chuvas, as vendas de ar-condicionado aumentam em todo o País e principalmente no Nordeste. O primeiro trimestre deste ano registrou um crescimento de 60% nas vendas de ar-condicionado residencial comparando com os primeiros três meses de 2012, segundo informações da Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento (Abrava). A procura está tanta que em algumas lojas do Recife o equipamento está em falta.

“O nosso estoque de ar-condicionado acabou hoje. No mês passado, passamos 10 dias sem ter o produto para vender. A nossa expectativa é que chegue o mais rápido possível, porque já fizemos os pedidos de compra”, diz o diretor executivo da rede de lojas Ponto de Promoção, Fernando Mendonça. Ele afirma que ocorreu um aumento de 15% nas vendas do produto no primeiro trimestre deste ano. “O crescimento poderia chegar a 30% se não tivesse faltado o eletrodoméstico”, afirma.

O maior pico de venda de condicionadores de ar ocorre entre novembro e março, no auge do verão. Por causa do calor que está fazendo este ano, as vendas continuaram aquecidas nas lojas do Hiper Bompreço, Eletro Shopping e na Ponto de Promoção.

As lojas estão vendendo mais os aparelhos split. “Também percebemos que os clientes estão preferindo comprar os equipamentos mais econômicos”, argumenta Mendonça. Segundo ele, isso significa que a população está optando por levar um eletrodoméstico mais caro e economizar na conta de energia. A Ponto de Promoção tem 50 lojas espalhadas pelo Estado, sendo 20 no Grande Recife.

A rede de lojas EletroShopping registrou um aumento de 30% nas vendas das lojas no Recife entre janeiro e a primeira quinzena de abril contra o mesmo período do ano anterior. “Não vendemos mais porque nesse período houve falta de produto para entregar. Chega uma quantidade pequena e acaba rápido”, comenta o gerente de operação das lojas do Centro do Recife, Hélio Lins. Ele acrescenta também que o aumento maior nas vendas ocorreu nos últimos quatro meses. A rede tem 15 lojas somente no centro da cidade.

O crescimento das vendas está ligado ao aumento da temperatura. O primeiro trimestre deste ano ficou entre os três mais quentes dos últimos 50 anos de acordo com o Instituto Nacional de Metereologia (Inmet).

Em todo o Brasil, as vendas de ar-condicionado vêm aumentando em média 17,8% ao ano entre 2007 e 2012. No Norte e Nordeste, este aumento ficou em 26,7% num levantamento de informações feito pela Abrava. A maioria dos consumidores locais também está parcelando o pagamento do produto.


Para maiores informações Clique aqui

Os conteúdos das matérias não refletem necessariamente a opinião do Qualindoor.




Voltar
ABRAVA - Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento
Qualindoor - Departamento Nacional da Qualidade do Ar Interno

    Av. Rio Branco, 1492, São Paulo, SP, CEP 01206-001, Fone (11) 3361 7266