Facebook
Busca
Notícias
Incêndio atinge prédio comercial na Zona Oeste de SP

Veja mais...

Primeiros Resultados da Nova Lei do PMOC

Veja mais...

Guia para Inspeção
Área Restrita
E-mail:   Senha:  

Ar” requer todo cuidado


Data: 26-10-2013

A primavera se instalou recentemente e, com mudança de estação, o ar-condicionado do automóvel solicita atenção especial. O inverno deste ano não foi dos mais rigorosos, mas é provável que o sistema tenha sido menos usado.

"A falta de uso regular é a principal origem dos problemas do sistema", afirma um dos diretores da Refrigeração Fernandes. O especialista recomenda ligar o ar-condicionado do carro de 15 a 30 minutos pelo menos duas vezes por semana. "Isso faz o gás refrigerante circular e purifica os componentes", adverte Ferenandes.

Outro problema comum é o acúmulo de impurezas no filtro do ar-condicionado, também chamado de filtro de cabine. Isso prejudica consideravelmente o desempenho do aparelho, causa proliferação de fungos e mau cheiro.

"Esses fungos surgem em aparelhos com má manutenção ou devido à entrada de sujeira no sistema. É comum haver folhas, poeira, pedaços de insetos e cabelos que ficam no aparelho e começam a se decompor", explica o responsável pela Refrigeração Fernandes.

Segundo os profissionais consultados, os filtros são projetados para durar, no máximo, 15.000 quilômetros ou um ano. Mas, dependendo das condições em que o carro trafega, esse período pode ser reduzido.

Preços

As peças de reposição do sistema são relativamente baratas. O filtro de cabine do Kia Soul, por exemplo, custa em torno de R$ 34.00.

A carga de gás, aproximadamente R$ 120,00 e assim por diante.


Publicação: 25 de Outubro de 2013 às 00:00


Para maiores informações Clique aqui

Os conteúdos das matérias não refletem necessariamente a opinião do Qualindoor.




Voltar
ABRAVA - Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento
Qualindoor - Departamento Nacional da Qualidade do Ar Interno

    Av. Rio Branco, 1492, São Paulo, SP, CEP 01206-001, Fone (11) 3361 7266