Facebook
Busca
Notícias
Incêndio atinge prédio comercial na Zona Oeste de SP

Veja mais...

Primeiros Resultados da Nova Lei do PMOC

Veja mais...

Guia para Inspeção
Área Restrita
E-mail:   Senha:  

Vendas de ar condicionado e ventilador disparam


Data: 13-01-2014



Foto: Arthur Freire/JP
Mesmo o três-lagoense mais acostumado com altas temperaturas saiu às compras de ventiladores e climatizadores



Não há quem não reclame do calor excessivo que faz em Três Lagoas e, buscando amenizar o desconforto causado nos dias em que os termômetros registram cerca de 35°, como na tarde de ontem, a população tem procurado adquirir ventilador e ar condicionado. Este é o caso de Sônia Teixeira, que comprou um ventilador para dividir com a filha e a neta.

“O calor está insuportável, não tem como dormir sem ventilador”, disse a funcionária de serviços gerais, que saia de uma loja com a caixa do eletrodoméstico nas mãos.



O gerente de vendas Rodrigo da Silva, informou que desde o mês denovembrodo ano passado as vendas diárias de ventiladores de teto na loja variam entre 20 e 25 unidades ao dia, um aumento que gira em torno de 30%.



“Estamos com o estoque zerado. Acabaram todos os nossos ventiladores de teto. Até mesmo as peças expositoras foram vendidas e a previsão para normalização do estoque deve acontecer apenas daqui 15 ou 20 dias”, disse Rodrigo. A carência, explicou, deve-se ao fato de a fabricante que fornece a marca vendida na loja ter entrado em recesso no fim do ano e retomado os trabalhos apenas nesta segunda-feira.



Em contrapartida, Marco Canisso, gerente de uma revendedora de ar condicionado da cidade, a Pantanal Refrigeração, revelou que as vendas dos equipamentos de setembro para dezembro aumentaram 60%. Para Canisso, são vendidas na loja aproximadamente 25 peças por semana, o que representa 750 unidades mensais.



Já o subgerente de outra loja, Ramon Jesus Nunes de Siqueira, afirmou que com o abastecimento de mercadorias duas vezes por semana, a loja comercializa cerca de 20 peças de ar condicionado (modelo Split de 9.000 e 12.000 BTUs), o que representa um aumento de 30% nas vendas de novembro até o momento. A venda de ventiladores é um pouco maior, segundo ele. “Vendemos entre 40 e 50 unidades ao dia, o que refere a um aumento de 40%”, comparou Ramon, que também mencionou o aumento de 10% na venda de refrigeradores.




BOX:

Altas temperaturas disparam consumo de água mineral




O três-lagoense também tem consumido mais água mineral. O setor registrou aumento de aproximadamente 50% de 1° de novembro para cá, segundo informações prestadas pelo proprietário de envasadoramn Aquarela, Murilo Tebet Tomé. O empresário comentou que a empresa tem conseguido atender a demanda, mas no fim do ano houve momentos de preocupação com a possibilidade da falta de água mineral.

“Aumentou muito a nossa produção, que gira em torno de 1.100 garrafões de 20 litros diários produzidos em nove horas de trabalho, o que corresponde a uma produção de 9.900 garrafões diários, além de outras 72 mil unidades de garrafas de um litro”, informou Murilo que destacou ainda que hoje em dia não são apenas as pessoas de classe alta e média que consomem água mineral, mas também as famílias de menor poder aquisitivo.




CALOR

O chefe do setor de meteorologia da Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia)de São Paulo, Marcelo Schneider, informou que, por volta das 14h de ontem, dia 7, (horário de MS), a temperatura em Três Lagoas era de 34,8°, porém com sensação térmica de 40°, que ocorre, segundo o meteorologista,pela combinação de calor e humidade do ar.

“Nos dias anteriores a temperatura variou entre 35° e 36° durante dia, mas a partir desta quarta-feira as chuvas de verão passam a ser mais frequentes, com sol, nuvens e pancadas de chuva no fim da tarde e à noite. Já de sexta-feira até domingo a estimativa é que os termômetros registremem torno de 37°”, estimou Marcelo.

Tatiana Cestari







Para maiores informações Clique aqui

Os conteúdos das matérias não refletem necessariamente a opinião do Qualindoor.




Voltar
ABRAVA - Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento
Qualindoor - Departamento Nacional da Qualidade do Ar Interno

    Av. Rio Branco, 1492, São Paulo, SP, CEP 01206-001, Fone (11) 3361 7266