Facebook
Busca
Notícias
SP tem calor no fim de semana e virada do tempo no feriado

Veja mais...

Sobe para 21 o número de mortes provocadas por onda de calor no Canadá

Veja mais...

Guia para Inspeção
Área Restrita
E-mail:   Senha:  

Escola de Blumenau utiliza água do ar condicionado para fazer limpeza


Data: 19-02-2014



O funcionamento de um aparelho de ar condicionado enche dois baldes de água por dia (Foto: Reprodução/RBS TV)


16/02/2014 13h03 - Atualizado em 16/02/2014 13h03


Intenção é explicar aos alunos sobre o uso consciente da água.
Líquido é usado para regar plantas e higienizar banheiro e calçadas.


Uma escola de Blumenau utiliza a água que sai dos aparelhos de ar condicionado para molhar as plantas e limpar o banheiro e as calçadas da unidade. Segundo o professor de História e Geografia, idealizador da ação, pretende-se mostrar aos alunos, após o período de estiagem em Santa Catarina, que que é preciso evitar o mau uso da água em casa.

Em portas da Escola Municipal Alice Thiele, no Bairro Garcia, uma mangueira revela o segredo, conforme mostrou reportagem exibida no Jornal do Almoço. É por meio de mangueiras em todos os aparelhos da unidade que a água que sai dos equipamentos e chega a baldes. O funcionamento de cada ar condicionado é o suficiente para encher dois recipientes ao dia.

Além da iniciativa, a escola conta com um pluviômetro, feito de garrafa PET, e utiliza a água da chuva para molhar a horta no local. "Se a gente fizer um cálculo em metro cúbico, nós vamos ter uma diferença grande na conta da água", explica a diretora, Clarice Luiza Spengler.

Segundo Rogerio Müller, diretor de Educação Ambiental da Faema (Fundação Municipal do Meio Ambiente), a água do ar condicionado pode ser aproveitada somente para processos de limpeza. "Você tem que considerar que é uma água poluída, contaminada e que para consumo humano, para consumo como água potável, ela deveria receber um tratamento", afirma.

Água da chuva
Em outra escola de Blumenau, a Machado de Assis, com mais de 1600 alunos, um projeto de captação de água da chuva é coordenado pela professora de Ciências há quatro anos. A água sai das calhas, passa por um filtro e chega a um reservatório, com capacidade para armazenamento de 12 mil litros. O líquido guardado também é usado na limpeza do prédio.

Fonte: G1


Para maiores informações Clique aqui

Os conteúdos das matérias não refletem necessariamente a opinião do Qualindoor.




Voltar
ABRAVA - Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento
Qualindoor - Departamento Nacional da Qualidade do Ar Interno

    Av. Rio Branco, 1492, São Paulo, SP, CEP 01206-001, Fone (11) 3361 7266