Facebook
Busca
Notícias
Incêndio atinge prédio comercial na Zona Oeste de SP

Veja mais...

Primeiros Resultados da Nova Lei do PMOC

Veja mais...

Guia para Inspeção
Área Restrita
E-mail:   Senha:  

Ar-condicionados são os maiores responsáveis pelo aumento do consumo de energia na Paraíba; Confira


Data: 24-02-2014



O consumo de energia elétrica na Paraíba, no mês de janeiro, apresentou uma elevação e seguiu uma tendência registrada na região Nordeste, crescendo em torno de 5%. Com a baixa afluência nos rios do Nordeste e os sucessivos recordes de consumo e demanda, ocasionados por uma forte onda de calor no país, o sistema elétrico funciona sob pressão.




Em 2013, o consumo de energia elétrica no Nordeste cresceu 3,5% em relação a 2012, de acordo com a Empresa de Pesquisa Energética (EPE). Conforme estudo, a alta se deveu, sobretudo, à expansão do consumo residencial, liderado pela região (+11,6%).




Segundo informou a Energisa, esse aumento no consumo na Paraíba tem um vilão: o ar-condicionado. Houve aumento na procura por esse aparelho no mercado paraibano. Em algumas lojas de departamento há até dificuldades de encontrar algumas marcas.




De acordo com David Oliveira, gerente o Armazém Paraíba, a empresa registrou cerca de 30% de aumento nas vendas do produto. Ele informou ainda que o modelo split é o mais vendido, saindo a partir de R$ 899.




A gerente de comunicação do Hiper Bompreço, Patrícia Noblat diz que houve crescimento de 10 a 15% nas vendas de aparelhos de ar-condicionado. O modelo mais procurado também é o split, que já pode ser considerado o preferido, devido à rápida instalação e design moderno. Esse modelo pode ser encontrado nas lojas da rede partir de R$ 1.198,00.




O Operador Nacional do Sistema Elétrico, em seu Boletim de Carga Especial divulgado no dia 30 de janeiro deste ano, informou que o consumo de energia no Brasil atingiu a marca de 83.962 megawatts (MW) na quarta-feira (29), às 15h25. Trata-se de um novo recorde, sendo que o anterior também foi registrado neste janeiro, no dia 23, com 83.307MW.




Preços dos aparelhos




Em pesquisa realizada entre os dias 17 e 20 de fevereiro pelo Procon de João Pessoa, foi constatada uma variação de até 10,6% nos preços de aparelhos de ar-condicionado split no comércio da Capital. Foram 54 itens pesquisados em seis estabelecimentos.




Conforme o levantamento, a maior variação, 10,6%, foi do ar-condicionado Eletrolux 18000 BTUs modelo T118F, encontrado com preços que vão de R$ 1.998,00 a R$ 2.199,00, uma diferença de R$ 201,00. A menor variação, 0,44%, foi do ar-condicionado LG 12000 BTUs modelo TSC122TMAO, encontrado a preços entre R$ 1.350,00 e R$ 1.344,00, diferença de R$ 5,87,00.




Outras marcas e modelos de ar-condicionados que apresentaram variação nos valores foram: Eletrolux 9000 BTUs modelo TI09F (7,59%); Eletrolux 12000 BTUs modelo TI12F (3,57%); Consul 12000 BTUs modelo CBY12CBBNA (3,65%).




O Procon-JP fez a pesquisa de preços com o objetivo de orientar o consumidor nos seguintes estabelecimentos: Supermercado Extra (Epitácio Pessoa); Carrefour (Bessa); Hiper Bompreço (Bessa); Magazine Luiza (Centro), Magno e Filhos Equipamentos (Torre); e Totaline (Tambauzinho).




A pesquisa completa está no site do órgão.




@folhadosertao

com portalcorreio


Para maiores informações Clique aqui

Os conteúdos das matérias não refletem necessariamente a opinião do Qualindoor.




Voltar
ABRAVA - Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento
Qualindoor - Departamento Nacional da Qualidade do Ar Interno

    Av. Rio Branco, 1492, São Paulo, SP, CEP 01206-001, Fone (11) 3361 7266