Facebook
Busca
Notícias
Incêndio atinge prédio comercial na Zona Oeste de SP

Veja mais...

Primeiros Resultados da Nova Lei do PMOC

Veja mais...

Guia para Inspeção
Área Restrita
E-mail:   Senha:  

Ar seco do avião deixa a pele ressecada; saiba como evitar


Data: 08-04-2014

Aliado incontestável de quem precisa viajar para vários lugares em um curto espaço de tempo, o avião acaba exercendo, muitas vezes, o papel de vilão da pele feminina. Isso porque o ar seco de dentro da aeronave (proporcionado pelo uso contínuo do ar-condicionado) faz com que o tecido cutâneo perca água e sofra com os efeitos do ressecamento, sobretudo em voos de longa duração.

Por essa razão, durante as viagens demoradas, é bastante comum as mulheres sentirem a derme mais rígida, enrugada e com irritações. O problema, no entanto, pode ser combatido com alguns cuidados simples, que são imprescindíveis para quem deseja chegar ao destino com uma aparência mais bonita e descansada.

O principal deles é hidratar a pele de dentro para a fora, ingerindo mais água do que o habitual, antes mesmo de sentir sede, além, é claro, de investir na aplicação de cremes hidratantes no rosto, evitando exageros para não deixá-lo oleoso e suscetível ao surgimento de acne.

No decorrer da viagem, também é recomendado molhar a face com borrifador ou na pia do banheiro, secá-la delicadamente e deixá-la novamente com o hidratante escolhido. Paralelamente a isso, os lábios devem ser nutridos com lip balms ou batons de manteiga de cacau e o corpo com cremes potentes feitos de ureia ou lactato de amônio.

Cuidado com a maquiagem
Com o percurso, outro fator que pode contribuir para a desidratação é o uso de maquiagem. “Itens como o pó compacto, por exemplo, tendem deixar a região mais ressecada por absorverem a oleosidade. Por isso, recomendamos apenas o uso de bases, batons e outros produtos que contenham algum tipo de hidratante em sua formulação. Caso contrário, eles devem ser evitados durante os voos”, alerta Renata Marques, dermatologista da Clínica Dicorp, do Rio de Janeiro.

Implacável para todos os tipos de pele, o ambiente seco das aeronaves castiga também as dermes oleosas, mistas e normais, que precisam receber a proteção dos cosméticos específicos contra a desidratação. “Quem preferir pode apostar em produtos 2 em 1que facilitam bastante a vida, como sabonetes formulados com hidratantes e pomadas labiais”, ressalta Gabriella Vasconcellos, dermatologista da clínica carioca Goa Health Club.


Para maiores informações Clique aqui

Os conteúdos das matérias não refletem necessariamente a opinião do Qualindoor.




Voltar
ABRAVA - Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento
Qualindoor - Departamento Nacional da Qualidade do Ar Interno

    Av. Rio Branco, 1492, São Paulo, SP, CEP 01206-001, Fone (11) 3361 7266