Facebook
Busca
Notícias
SP tem calor no fim de semana e virada do tempo no feriado

Veja mais...

Sobe para 21 o número de mortes provocadas por onda de calor no Canadá

Veja mais...

Guia para Inspeção
Área Restrita
E-mail:   Senha:  

Jornalistas estrangeiros reclamam da falta de ar condicionado na CPTM


Data: 16-06-2014



Em meio a tantos problemas com a chegada da Copa, além das reclamações dos brasileiros também estão surgindo reclamações de estrangeiros, na maioria jornalistas, que chegaram ao Brasil para cobrir o Mundial. Há poucos dias do início da competição, eles já têm demonstrado desconforto com a situação brasileira e isso ficou em evidencia no último domingo, em que aconteceu o segundo e último evento em forma de teste na Arena Corinthians.

A maior reclamação foi em relação as obras que ainda estão em andamento e a temperatura quente dentro do trem que foi usado para transportar o público ao Itaquera. Pablo Giuliano é repórter da agencia espanhola EFE, e durante sua estadia no Brasil, fez uma entrevista com os membros do COL (Comitê Organizador Local), prefeitura e governo de São Paulo e aproveitou a deixa para fazer uma pergunta relacionada a segurança da arquibancada provisória Norte, no qual foi a única que não passou pelo teste durante o jogo entre Corinthians e Botafogo. Além disso, também fez comentários sobre a viagem que fez no Expresso da Copa – liga a estação da luz ao Itaquera, sem parada -.

Justificativa dos responsáveis
O jornalista relata que não tem o que reclamar do trem, há não ser a falta que sentiu de um ar condicionado, alegando que ficou 17 minutos passando calor. A pergunta e a reclamação do profissional de comunicação, acabou deixando os membros dos órgãos públicos sem saber o que responder e quem deveria dar uma explicação seria a coordenadora executiva do Comitê paulista para a Copa, Raquel Verdenacci, mas não foi o que aconteceu, tendo outro responsável para justificar, alegando que a frota da CPTM que estiver ativada na Copa, possui ar condicionado. Levando a crer que o que pode ter acontecido é um problema técnico no carro, mas tudo já está sendo checado. Essa foi a resposta dada ao jornalista que havia cobrado uma explicação.


Para maiores informações Clique aqui

Os conteúdos das matérias não refletem necessariamente a opinião do Qualindoor.




Voltar
ABRAVA - Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento
Qualindoor - Departamento Nacional da Qualidade do Ar Interno

    Av. Rio Branco, 1492, São Paulo, SP, CEP 01206-001, Fone (11) 3361 7266