Facebook
Busca
Notícias
Incêndio atinge prédio comercial na Zona Oeste de SP

Veja mais...

Primeiros Resultados da Nova Lei do PMOC

Veja mais...

Guia para Inspeção
Área Restrita
E-mail:   Senha:  

Lançamento da norma ISO 50001


Data: 07-07-2011

Será lançada hoje na sede da ABNT, em São Paulo, às 10h, a norma ABNT NBR 50.001:2011 / Sistema de gestão de energia – Requisitos com orientações para uso. Trata-se da tradução brasileira da Norma de Gestão Energética ISO 50001, que orienta as organizações a montarem um processo de gestão do uso de energia. Assim qualquer organização poderá avaliar seu desempenho energético e reduzir seus gastos, dentro de um procedimento de melhoria contínua. A Eletrobras teve uma participação de destaque na comissão brasileira de avaliação e modificação da norma, sendo representada por quatro colaboradores: João Carlos Caiazzo dos Santos, Simone Ribeiro Matos, George Alves Soares e Álvaro Braga Alves Pinto.

“A grande novidade é que essa é a primeira norma cujas metas de aumento de desempenho energético são auditáveis. Você estabelece uma meta de redução do consumo de energia em 10%, por exemplo, e no fim do processo de aplicação você tem que mensurar se atingiu o valor estabelecido. Em caso negativo, é gerada uma não-conformidade que fica pendente e a direção da empresa tem que tomar uma decisão sobre o assunto”, explica George Soares, assistente da Diretoria de Transmissão da Eletrobras. Outro ponto positivo é que o gasto necessário para a aplicação da norma tem retorno rápido com a economia de energia proporcionada. “A expectativa é que 60% de toda energia do mundo possa ser impactada pela norma, não só energia elétrica quanto térmica também”, esclarece George.

A partir de hoje, as empresas já podem se autodeclarar em conformidade ou então buscar consultorias especializadas para implantarem a norma ISO 50001. O documento foi elaborado entre 2008 e 2011, período no qual a Eletrobras organizou dois workshops com a participação do comitê brasileiro para a discussão da norma. A ISO 50001, cujo lançamento foi em 15 de junho, na Suíça, foi elaborada por representantes de 25 países e tem validade mundial. A Índia, por exemplo, já anunciou sua primeira planta de acordo com a nova norma, com auditoria da Bureau Veritas. Trata-se da usina térmica de Dahanu, da Reliance Infraestructure. Já a França foi a pioneira, com a certificação do edifício Hive, em Paris, que é a sede administrativa da Schneider Electrici’s.


Para maiores informações Clique aqui ou envie um e-mail para abrava@abrava.com.br.

Os conteúdos das matérias não refletem necessariamente a opinião do Qualindoor.




Voltar
ABRAVA - Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento
Qualindoor - Departamento Nacional da Qualidade do Ar Interno

    Av. Rio Branco, 1492, São Paulo, SP, CEP 01206-001, Fone (11) 3361 7266