Facebook
Busca
Notícias
Incêndio atinge prédio comercial na Zona Oeste de SP

Veja mais...

Primeiros Resultados da Nova Lei do PMOC

Veja mais...

Guia para Inspeção
Área Restrita
E-mail:   Senha:  

Doenças respiratórias: atenção aos ambientes climatizados


Data: 01-07-2011



Danielle Silva
Ascom/HGE/Arquivo
Hospitais registram aumento de casos de doenças respiratórias
Hospitais registram aumento de casos de doenças respiratórias

A proliferação de doenças respiratórias durante o inverno é uma preocupação de especialistas de todo o país. Nesta época do ano é comum o aumento do número de atendimentos em clínicas, hospitais e unidades de saúde, principalmente de idosos e crianças, considerados grupos mais suscetíveis as doenças.

Segundo especialistas, existem três tipos de doenças respiratórias (doenças alérgicas, doenças crônicas de pulmão e as infecções respiratórias), mas existem inúmeras razões para que elas se intensifiquem nesse período, a exemplo do ar mais seco, o ambiente mais frio, maior aglomeração de pessoas e a poluição de ambientes.

Partindo da premissa de que o frio resulta na aglomeração de pessoas em ambientes fechados, conclui-se que os vírus e bactérias se espalham com mais facilidade resultando na disseminação dessas doenças.

No entanto, um fator que merece atenção nesse contexto é a limpeza de ambientes, principalmente os climatizados. Fungos e bactérias se acumulam em condicionadores de ar e se proliferam no ambiente. Para quem possui o equipamento em casa ou no ambiente de trabalho a recomendação é procurar um técnico especializado para realizar uma limpeza da parte interna do aparelho a cada três meses. É importante ressaltar também a necessidade da limpeza semanal do filtro de ar para ficar longe dos riscos.

Algumas das dicas dos especialistas é que além da higiene do ar-condicionado é importante não abusar da temperatura. O ideal é manter o aparelho em temperaturas consideradas razoáveis, entre 20º e 22ºC. Abaixo disso, o corpo pode começar a sentir um desconforto e o ar frio favorece a proliferação de vírus causadores de gripes e resfriados.

Fique alerta quanto aos riscos causados pela mudança brusca de temperatura relacionada ao ar-condicionado, um problema muito comum no ambiente de trabalho. Passar muito tempo em um ambiente refrigerado exige que o corpo trabalhe em um ritmo mais intenso, imagine se o ambiente também está repleto de agentes poluentes.

Outra recomendação de como usar o ar-condicionado corretamente é deixar uma bacia com água no local onde ele permanece ligado por muito tempo para umedecer o ambiente.

Fonte:Com Agências Nacionais


Para maiores informações Clique aqui

Os conteúdos das matérias não refletem necessariamente a opinião do Qualindoor.




Voltar
ABRAVA - Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento
Qualindoor - Departamento Nacional da Qualidade do Ar Interno

    Av. Rio Branco, 1492, São Paulo, SP, CEP 01206-001, Fone (11) 3361 7266