Facebook
Busca
Notícias
Prêmio Heinz TROX

Veja mais...

Empresa de Santo André é premiada por conceitos sustentáveis

Veja mais...

Guia para Inspeção
Área Restrita
E-mail:   Senha:  

Impostos sobre ar condicionado e ventilador chegam a quase 50%; veja outros itens


Data: 16-01-2019



Vodca é o produto mais tributado entre os muito consumidos no verão, com carga de 81,52%, segundo a ACSP.
Por G1

16/01/2019 13h04 Atualizado há 23 horas





Bebidas alcoólicas estão entre os produtos com maior carga de tributos neste verão. Já aparelhos como o ar condicionado têm quase metade de seu preço composto por impostos, mostrou um levantamento da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) encomendado ao Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), nesta quarta-feira (16).

ESPECIAL: QUANTO PAGAMOS DE IMPOSTOS?

Quem comprar uma garrafa de vodca por R$ 10, por exemplo, vai pagar R$ 8,12 em tributos, de acordo com o levantamento. Já uma cerveja, também por R$ 10, será tributada em R$ 4,26.

As bebidas não alcoólicas têm mais de 30% de impostos, como refrigerante em garrafa (46,47%), refrigerante em lata (44,55%) e água mineral (31,5%).

Veja abaixo a lista de tributos que incidem sobre itens muito consumidos no verão, segundo a ACSP:

Vodca: 81,52%
Caipirinha: 76,66%
Uísque: 67,03%
Chope: 62,2%
Refrigerante em garrafa: 46,47%
Ar condicionado: 49,82%
Cerveja: 42,69%
Ventilador: 49,60%
Óculos de sol: 44,18%
Biquini: 42,19%
Bronzeador: 41,64%
Cadeira de praia: 40,62%
Toalha: 34,67%
Água mineral: 31,5%
Chinelo: 31,09%
Passagem aérea: 22,32%
Aparelhos eletrônicos
Um aparelho de ar-condicionado de R$ 1.200, por exemplo, terá quase R$ 600 em impostos, uma vez que a carga tributária que incide sobre o aparelho é de 49,82%. Um ventilador de R$ 100, por sua vez, terá R$ 49,60 em encargos.

Sobre esses itens recaem IPI e ICMS altos. Se o produto vier de fora do Brasil, há também a taxa de importação, que sofre influência da flutuação do dólar, destacou a ACSP.

O levantamento revela também que, para quem tira férias, uma diária em hotel tem tributação de 29,56%; já trajes de banho como biquíni, maiô e sunga têm carga tributária de 42,19%.


Para maiores informações Clique aqui

Os conteúdos das matérias não refletem necessariamente a opinião do Qualindoor.




Voltar
ABRAVA - Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento
Qualindoor - Departamento Nacional da Qualidade do Ar Interno

    Av. Rio Branco, 1492, São Paulo, SP, CEP 01206-001, Fone (11) 3361 7266